Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu venci a depressão

Eu venci a depressão

Errar

Avatar do autor IsabelAmaro, 22.06.24

Errar é humano, mas, quando erramos 2x a mesma coisa,já não é errar é desconsiderar,desleixo.. 

Errar, sabendo que o que está fazendo é errado, não tem perdão, temos livre arbitrio para fazer as escolhas e daí as consequências.. 

A expressão "errar é humano" não serve para quem erra deliberadamente, dia após dia. Não serve para justificar faltas absurdas cometidas contra o próximo.

A expressão "errar é humano" não serve para quem erra deliberadamente, dia após dia. Não serve para justificar faltas absurdas cometidas contra o próximo, nem atenuar a consciência de quem não tem ética ou respeito pelos outros. "Errar é humano" serve para quem se corrói na culpa, para quem não sabe lidar com o remorso de ter cometido um erro. Serve para quem se arrepende e está disposto a mudar. Não é fácil lutar contra os instintos humanos imperfeitos. Mas é necessário. Estamos aqui para isso: evoluir.

Falar em Deus com o coração sujo, sem perdoar, sem se pôr no lugar do outro antes de fazer qualquer coisa, cometendo pequenas corrupções, não adianta.

Representar um papel na terra, ser uma fraude, buscando o quê mesmo? Reconhecimento? Saiba que isso é tudo que você terá. Quando estiveres diante do Pai, ouvirás: Já recebestes tudo que querias. Retirai-vos de mim, vós que cometestes iniquidades.

Lembrar do mandamento maior de Jesus é maravilhoso: Amai a Deus acima de todas as coisas.

Mas muita gente esquece do segundo: Amai ao teu próximo como a ti mesmo.

Teu próximo não é só aquela pessoa que tem gostos, afinidades ou outras atribuições em comum com você. O próximo que Jesus fala são todos os outros.

Lutem contra suas imperfeições. E sigam a regra de ouro: não fazer ao próximo o que não gostaria que fizessem com você.

Talvez assim se comece a praticar a lei de amor ensinada por Jesus.

E se pratique uma das formas de caridade que existem: a caridade moral. Pelo menos em parte.

E lembrem: Fora da caridade não há salvação."""